Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA aprova propostas junto à Sectet

 

Tecnologias sociais do IFPA conquistaram os três primeiros lugares no edital 006/2017 do programa TecSocial

  • Publicado: Segunda, 09 de Abril de 2018, 21h05
  • Última atualização em Terça, 10 de Abril de 2018, 21h10
  • Acessos: 413
imagem sem descrição.

 

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) teve três propostas aprovadas no edital de chamamento público 006/2017 do programa Tecnologia Social (TecSocial) criado pelo Governo do Estado do Pará por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet). O resultado final foi publicado no Diário Oficial na segunda-feira, 9 de abril.

 

A proposta “Geração e disseminação de tecnologias sociais para fortalecimento da Agricultura Familiar paraense” foi aprovada em primeiro lugar. O projeto foi elaborado pelo IFPA Campus Paragominas, sob a coordenação do Professor Dr. Antônio Augusto Nogueira Franco. “Esta é uma conquista para o IFPA, que tem como missão, dentre outras, agregar pessoas, conhecimentos e tecnologias com vistas na ampliação do desenvolvimento técnico e tecnológico. Esta aprovação contribui para a qualidade dos serviços prestados à sociedade, responde às demandas sociais e pode ajudar a reduzir as desigualdades regionais, confirmando a agenda de ações do IFPA”, ressalta Franco.

 

Dr. Antônio destaca que a execução desta proposta proporcionará, às populações rurais, pequenas soluções que possibilitam grandes mudanças no Território Paraense por meio da construção de um modelo de desenvolvimento economicamente viável, socialmente justo e ecologicamente correto. “Este projeto constitui-se em importante vetor para a redução da pobreza, além de seu inquestionável papel para a segurança alimentar da população”, finaliza.

 

Em segundo e terceiro lugares ficaram propostas submetidas pelo IFPA Campus Castanhal.  “Secador solar para produtores locais de pimenta-do-reino no Estado do Pará” é uma proposta coordenada por Prof. Pablo Radamés Cabral de França. Voltada para a agricultura familiar, assim como os demais projetos, o objetivo é desenvolver e disseminar um secador solar de baixo custo voltado à organização socioprodutiva de agricultores que cultivam a pimenta-do-reino na região Nordeste do Pará. O foco será a melhoria das condições de vida, trabalho e renda através do acesso a tecnologias para aperfeiçoamento das técnicas de secagem dessa cultura.

 

Incubação tecnológica de cooperativas e empreendimentos solidários (INCUBITEC): Tecnologia Social de Geração de Trabalho e Renda no Estado do Pará”, proposta coordenada pelos professores Maria Jessyca Barros Soares e Adebaro Alves dos Reis, conquistou o terceiro lugar. Pretendem atuar junto a cadeias produtivas da fruticultura, pesca e aquicultura, mandiocultura, avicultura e hortaliças, com a finalidade de promover a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida, por meio da geração de trabalho e renda.

 

Essa classificação garante repasses do Programa TecSocial para a implantação das tecnologias aprovadas no valor de até R$150 mil reais. O Programa considera como “Tecnologias Sociais” os produtos, técnicas ou metodologias reaplicáveis, voltados ao uso comunitário, com vistas a promover a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida de seus usuários.  Os recursos são incentivos à inovação, à pesquisa científica e tecnológica.

 

Os projetos envolvem professores e pesquisadores de outras instituições como a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), da Embrapa, técnicos da Emater e Senar, e, também, alunos dos campi. Contarão, ainda, com suporte e parceria das Secretarias de Agricultura dos Municípios. Os projetos começarão a ser desenvolvidos a partir da liberação dos recursos para cada uma das propostas e têm um cronograma a ser executado ao longo de um ano.

 

De acordo com a Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFPA, o Instituto submeteu 12 das 86 propostas inscritas no edital da Sectet. “O número de propostas submetidas e a classificação dessas três propostas demonstram o compromisso social do IFPA com a comunidade onde atua e a força que temos no âmbito da inovação”, ressaltou a Pró-reitora Ana Paula Palheta Santana.

 

Resultado

As seis propostas classificadas no edital 006/2017 foram elencadas pela Sectet do primeiro ao sexto colocado. Outras 80 não classificadas foram apresentadas acompanhadas dos motivos pelos quais não foram selecionadas.

 

 

De acordo com o edital, para ser selecionado, o projeto deveria propor a implementação de soluções efetivas aos gargalos identificados, gerando a transformação da realidade local; além de incluir os atores sociais locais na maior parte das etapas do projeto. A Tecnologia Social deve gerar ainda um padrão de uso que possa ser reaplicado em outras comunidades e ser social, econômica e ambientalmente sustentável. Serão utilizados recursos do Governo do Estado do Pará, por meio da Sectet, oriundos do Tesouro Estadual ou de outras fontes, captados em parceria, no valor global de até R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) por projeto selecionado.

 

O resultado preliminar do edital no 006/2017 está disponível aqui.

 

Propostas aprovadas no edital 006/2017 SECTET -PA

 

Classificação

Instituição Proponente

Título da Proposta

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Geração e disseminação de tecnologias sociais para fortalecimento da Agricultura Familiar paraense

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Secador Solar para Produtores Locais de Pimenta-do-reino no Estado do Pará

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA

Incubação Tecnológica de Cooperativas e Empreendimentos Solidários (INCUBITEC): Tecnologia Social de Geração de Trabalho e Renda no Estado do Pará

Instituto Nova Amazônia - INÃ

Produção de Ração artesanal para piscicultura em Bragança - Pará

Empresa Junior de Engenharia de Pesca da Universidade Federal Rural da Amazônia - ACEEP JR

Gestão Participativa para o Empreendedorismo Consciente de Comunidade Tradicional Ribeirinha à Jusante da Usina Hidrelétrica de Tucuruí

Associação dos Moradores e Produtores Rurais da Comunidade Satubim - AMPRCS

Módulo Agro Ecológico - MAE: rede de produção orgânica no município de Augusto Corrêa

 

Confira detalhes sobre o TecSocial aqui.

 

IFPA

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), cuja Reitoria é sediada em Belém, instituição criada nos termos da Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, mediante a integração do Centro Federal de Educação Tecnológica do Pará com as Escolas Agrotécnicas Federais, vinculado ao Ministério da Educação, é uma autarquia federal, detentora de autonomia administrativa, patrimonial, financeira, didático-pedagógica e disciplinar.

 

O IFPA possui 18 unidades, espalhadas por todo o Pará. São mais de 2 mil servidores, ofertando 63 cursos técnicos, 14 graduações tecnológicas, 8 licenciaturas, 5 bacharelados, 27 pós-graduações ofertadas em 11 campi.

 

 Texto: ASCOM IFPA Reitoria

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página