Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Termo de Adesão aponta interesse dos campi IFPA pela EaD

  • Publicado: Sexta, 05 de Julho de 2019, 16h03
  • Última atualização em Sexta, 05 de Julho de 2019, 16h17
  • Acessos: 385
imagem sem descrição.

 

 

O Centro de Tecnologia em Educação a Distância – CTEAD, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará – IFPA, está se preparando para ofertar seis novos cursos na modalidade a distância – EaD. Os cursos serão os primeiros a partir de esforço próprio e devem ser produzidos e ofertados aos poucos ao longo do próximo triênio (2019-2021).

No planejamento inicial, foram levantados cursos com potencial de ser desenvolvido pela instituição na forma EaD. Dessa forma, foram selecionados os cursos de Formação Inicial e Continuada – FIC de Espanhol, Inglês, Auxiliar de Geoprocessamento e Programador Web. Entre os cursos técnicos de nível médio, os escolhidos foram Informática para Internet e Segurança do Trabalho.

O passo seguinte foi verificar junto aos campi IFPA o interesse de aderir à oferta dos cursos. Do total de 18, quinze campi responderam positivamente ao Termo de Adesão. Dessa forma, Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Belém, Breves, Cametá, Castanhal, Conceição do Araguaia, Itaituba, Marabá Industrial, Marabá Rural, Paragominas, Parauapebas, Santarém e Tucuruí aderiram e, em breve, desenvolverão seus polos EaD para a oferta dos citados cursos.

A previsão é que Inglês e Espanhol já possam ser ofertados ainda no segundo semestre de 2019. Futuramente, deve haver outro termo de adesão para planejar os próximos cursos nos anos de 2022 e 2023, completando o quinquênio previsto no Plano de Desenvolvimento Institucional do IFPA.

“As adesões vão garantir a participação dos campi na criação e elaboração dos Projetos de Curso e, naturalmente, a futura oferta desses cursos em cada campus envolvido”, explica Márcio Wariss, diretor do CTEAD.

Segundo o diretor, os números oriundos dos Termos de Adesão são animadores. “Potencialmente, teremos – entre 2019 e 2021 – 51 turmas de cursos a distância no IFPA ofertadas com esforço próprio, ou seja, sem depender de programas de fomento. Multiplicando essas 46 turmas por uma média de 50 alunos em cada uma, teremos cerca de 2300 alunos em cursos EaD no IFPA. Isso já bateria nossa meta estabelecida para 2023 no Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI, que é de as matrículas na modalidade a distância representarem 10% do total do instituto”, comemora.

 Institucionalização da EaD

Wariss lembra ainda que o processo de institucionalização da EaD no IFPA iniciou em 2013 e, aos poucos, tem galgado mais conquistas. Assim, desde a decisão pela criação um Centro de Referência para gerir a EaD dentro do instituto, com a criação do CTEAD, a modalidade ganhou espaço para além de programas governamentais. Desde então, já foi composta uma equipe de profissionais exclusiva para o setor, a construção de um prédio e a aprovação de uma série de atos e normas para regulamentar a modalidade dentro do Instituto.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página