Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Intercâmbio entre IFPA e IPB de Portugal traz bons resultados

  • Publicado: Segunda, 09 de Março de 2020, 16h27
  • Última atualização em Segunda, 09 de Março de 2020, 18h23
  • Acessos: 327
imagem sem descrição.

 

Os alunos do Instituto Federal do Pará (IFPA) que fizeram intercâmbio em Portugal acabam de retornar para o Brasil cheios de experiências novas e histórias para contar. Eles passaram cinco meses estudando no Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e, na última sexta-feira (06), reuniram-se na Reitoria para compartilhar as vivências e receber um Certificado entregue pelo Reitor.

Estiveram presentes na reunião, além do Reitor Claudio Alex da Rocha e dos alunos intercambistas, o Pró-Reitor de Extensão, Fabrício Alho, a Pró-Reitora de Ensino, Elinilze Teodoro, o representante da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Saulo Silva, a Coordenadora de Relações Interinstitucionais, Regina Krelling, o Chefe do Departamento de Registros e Indicadores Acadêmicos da Proen, Jucinaldo Ferreira e o Diretor do Campus Itaituba, Lucivaldo Figueira.

Durante o encontro, os discentes contaram sobre a experiência e relataram as atividades que realizaram em Bragança, eles também destacaram o nível de exigência acadêmica no Brasil em comparação à Portugal e falaram acerca do choque cultural vivenciado por eles. Para o estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas do Campus Itaituba, Ismael Sousa, o intercâmbio trouxe muito crescimento. “Foi uma experiência incrível e única, muito importante para o meu crescimento intelectual e pessoal, pois esta experiência abriu-me os olhos para o mundo globalizado, desta forma pude contemplar o mundo de diversas perspectivas, e principalmente conhecer outra cultura semelhante à nossa”, conta.

Além das vivências culturais e pessoais, o intercâmbio também trouxe novas perspectivas no desenvolvimento profissional, como defende o aluno Igor da Silva, do curso de Licenciatura em Pedagogia, Campus Belém. “Em relação a minha carreira profissional, foi muito importante porque eu pude ver novas formas de pensar minha profissão, do fazer docente. Eu, enquanto futuro pedagogo, pude perceber as diferentes formas de se trabalhar em sala de aula e como é importante trazer esse tipo de experiência cada vez mais para a formação dos futuros docentes do IFPA”, relata. 

O intercâmbio não proporcionou apenas novas experiências pessoais e profissionais, trouxe também a certeza de que o IFPA está cumprindo seu papel de educar com qualidade, preparando o aluno não só para o mercado de trabalho paraense, mas também para o mundo. “Quando eu saí daqui achei que não estava preparada e, chegando lá, essa é umas das surpresas mais positivas que a gente tem, é que nós estamos extremamente preparados, nós enquanto brasileiros e estudantes do IFPA estamos extremamente preparados, tanto como pessoas quanto em termos curriculares, o nosso currículo é muito bom e realmente nos dá uma base excelente pra que a gente consiga atuar lá em Portugal sem grandes dificuldades”, explica Rayza Santos, discente do curso de Licenciatura em Língua Portuguesa do Campus Belém.

Ao todo, 10 estudantes fizeram o intercâmbio, quatro do Campus Itaituba e seis do Campus Belém. Eles são provenientes do Mestrado em Engenharia de Materiais e das Licenciaturas em Ciências Biológicas, Letras, Língua Portuguesa e Pedagogia. Os alunos foram selecionados a partir de um edital lançado pela Pró-Reitoria de Extensão (Proex) em março de 2019 e o embarque para país lusófono aconteceu em setembro do mesmo ano. A ação é parte da prática de internacionalização do Instituto.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página