Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA e UFPA recebem recursos para a produção de máscaras Face Shield

Comarcas de Breu Branco e Tucuruí destinam recursos de fundos públicos para auxiliar no combate à pandemia de coronavírus nos municípios em torno do Lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí.

 

  • Publicado: Segunda, 18 de Maio de 2020, 19h53
  • Última atualização em Terça, 19 de Maio de 2020, 22h34
  • Acessos: 181
imagem sem descrição.

 

Os casos de infecção por coronavírus não param de aumentar no Estado do Pará. Nesta segunda-feira,18 de maio, foram confirmados 533 novos casos, totalizando, desde março até agora, 14.734 casos positivos de coronavírus e 1.330 mortos em decorrência da pandemia de Covid-19. Diante desse contexto, o Instituto Federal do Pará (IFPA), com base nos dados oficiais da Vigilância Sanitária Estadual, vem monitorando a situação e decidiu conceder férias docentes, por 20 dias, a começar a partir de hoje.

Para ajudar a conter o avanço da doença no Estado do Pará, os campi do IFPA continuam firmando parcerias e desenvolvendo ações para auxiliar os profissionais da saúde dos municípios situados nas regiões onde atuam. Vêm produzindo e doando álcool 70%, álcool glicerinado, máscaras tipo Face Shield e desenvolvendo aplicativos para monitorar os casos e orientar os doentes da Covid-19.

Os campi do IFPA e da Universidade Federal do Pará (IFPA) em Tucuruí, unidos desde os primeiros casos confirmados da Covid-19 no Estado, por meio de iniciativas dos professores e com materiais arrecadados junto à comunidade local, já imprimiram e entregaram 326 máscaras Face Shield nos municípios em torno do Lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Atenderam hospitais, postos de saúde, unidades de pronto atendimento, vigilância sanitária, Defesa Civil, hemocentro, Exército, Samu, Corpo de Bombeiros e médicos da Polícia Militar situados nos municípios de Tucuruí, Breu Branco, Novo Repartimento, Goianésia do Pará, Limoeiro do Ajuru, Cametá, Marabá, Jacundá e Mocajuba.

Para dar continuidade a esta ação de impressão do equipamento de proteção facial, os professores Deriks Karlay Dias Costa (IFPA) e Débora Dias Costa Moreira (UFPA) submeteram, no dia 22 de abril, em nome do IFPA, campus Tucuruí, um projeto ao Ministério Público Estadual pleiteando recursos para produção deste tipo de máscara que amplia a proteção proporcionada pela máscara de tecido, minimiza os riscos aos quais estão sujeitos os médicos, enfermeiros e outros profissionais que atuam na triagem e atendimento aos infectados pelo Covid-19.

O projeto foi aprovado pelas Comarcas de Breu Branco e Tucuruí no dia 7 de maio. Ao todo, foram repassados aos professores R$ 14.157,93 (quatorze mil, cento e cinquenta e sete reais e noventa e três centavos), oriundos de valores recolhidos judicialmente em transações penais e acordos de não persecução penal para fins sociais. O valor foi destinado à compra dos itens listados no projeto que compreende insumos elásticos, embalagens plásticas, 95 folhas de acetato e 15 kg de filamentose quatro impressoras 3 D.

Professor Karlay explica que o dinheiro viabilizará a impressão e montagem de pelo menos 750 novos equipamentos de proteção individual. “Compramos um modelo de impressora visando custo-benefício, ideal para fazer este tipo de máscara e para ampliar nossa capacidade de produção. Cada uma das duas primeiras impressoras custou R$ 1.922,80 (mil novecentos e vinte e dois reais e oitenta centavos). O valor foi depositado em minha conta e devo prestar contas. Quando terminar tudo, duas impressoras serão destinadas ao IFPA e as outras duas à UFPA”, ressalta.

A produção das máscaras individuais não para, ocorre dia e noite. Segue os requisitos técnicos da ABNT NBR ISO 13688:2017 e está sendo realizada na casa dos professores. Cada uma é composta por uma estrutura (armação), viseira (escudo) e elástico. A armação é modelada pela impressora 3D por meio da fusão e deposição de material termoplástico. O escudo/viseira é feito de acetato plástico de cor transparente e uma tira de elástico que sustenta a máscara na cabeça. O material é reutilizável, requer apenas a higienização entre uma utilização e outra.

As duas primeiras impressoras foram entregues em Tucuruí na quinta-feira, 14 de maio, e já está sendo utilizada. Os insumos e os demais equipamentos devem ser entregues nesta semana.

 

Saiba mais sobre ações realizadas pelo IFPA frente a pandemia de Coronavírus: https://ifpa.edu.br/coronavirus

registrado em:
Fim do conteúdo da página