Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA desenvolve aplicativo para tradução de termos técnicos

APLI tem bancos de verbetes e expressões em Português, Libras e Inglês

  • Publicado: Quarta, 17 de Junho de 2020, 19h37
  • Última atualização em Terça, 30 de Junho de 2020, 13h15
  • Acessos: 232
imagem sem descrição.

 

O Instituto Federal do Pará (IFPA), campus Santarém, acaba de disponibilizar para baixar de forma gratuita o aplicativo APLI para tradução de termos técnicos em Português, Libras e Inglês. As pesquisadoras buscam parceria para aprimorar o serviço.

 

O trabalho foi desenvolvido por professores, alunos e egressos do curso Técnico Integrado de Informática. Pensado para áreas técnicas e o meio profissional, o APLI funciona em dispositivos móveis e foi programado para armazenar em seu banco de dados vários verbetes e expressões, associados a áreas específicas. Está disponível em duas versões: cadastro e uso. Para o cadastro de termos técnicos das diversas áreas, os usuários poderão adicionar diversos vocábulos e suas definições por meio de vídeo, áudio ou escrita. A versão de uso permite a visualização dos termos já cadastrados.

 

O produto é resultante do projeto de extensão “Equipes de Desenvolvimento de Software” iniciado em 2017. Além do aplicativo, o projeto rendeu o artigo “O gênero digital aplicativo para tradução de Libras, Português e Inglês com fins específicos” cujo resumo foi publicado no X Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais (Siget), em setembro do ano passado, pela Faculdade de Línguas da Universidade Nacional de Córdoba, Argentina. O artigo foi escrito pelo egresso Ítalo Rangel Penaforte Mendes, — atual estudante da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), Campus Santarém —, e pelas professoras Natalie Von Paraski e Dayse Rodrigues dos Santos, ambas do IFPA, campus Santarém.

 

O IFPA oferta Língua Portuguesa, Língua Inglesa e, por meio do Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Especiais (Napne), o curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para formação de intérpretes. As aulas de Libras têm por objetivo a capacitação da comunidade acadêmica para promover a inclusão. Santos explica que a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) prevê a obrigatoriedade da Língua Inglesa, mas não da Língua Americana de Sinais na educação básica. “No entanto, muitos interpretes não sabem inglês e professores de Inglês não sabem Libras. O aplicativo poderia facilitar o acesso tanto de alunos como de intérpretes a qualquer uma dessas línguas”, garante.

 

Santos explica que o APLI tem função glossário e conta com um banco de dados com alguns termos técnicos nas três línguas. “Estamos buscando parceria com outras instituições, que oferecem o curso de Letras Libras, para melhorar o aplicativo e ampliar o banco de dados. A versão atual do aplicativo foi criada em maio do ano passado”, ressalta.

 

Baixe o aplicativo aqui.

 

Para falar com a coordenadora do projeto escreva para: natalie.paraski@ifpa.edu.br ou dayse.rodrigues@ifpa.edu.br

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página