Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Brasil pode levar representantes à VIII Olimpíadas de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

  • Publicado: Terça, 13 de Março de 2018, 13h32
  • Última atualização em Terça, 13 de Março de 2018, 13h33
  • Acessos: 773
imagem sem descrição.

 

O Brasil é um dos países participantes da VIII Olimpíadas de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), uma competição de matemática dirigida a alunos não universitários, da qual participam todos os países de língua portuguesa. O evento acontece de 2 a 8 de setembro, na Cidade de São Tomé, e é uma realização da Sociedade Santomense de Matemática, da Universidade de São Tomé e Príncipe e do Ministério da Educação, Cultura Ciência e Comunicação de São Tomé e Príncipe.

A Olimpíada tem como objetivo melhorar a qualidade do ensino, descobrir talentos em matemática, fomentar o estudo, criar uma oportunidade para a troca de experiências educacionais nacionais e estimular a união e cooperação entre os países lusófonos, para a criação de instrumentos que permitam a competição de alunos numa olimpíada internacional para os países de língua portuguesa.

Além do Brasil, os países convidados foram Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Cada país convidado tem direito a estar representado por uma equipe de até quatro estudantes, um professor chefe de delegação e um tutor dos alunos.

A competição será composta por duas provas escritas de quatro horas e meia de duração cada uma, que se realizarão em dois dias consecutivos. Cada prova trará três problemas e cada concorrente trabalhará individualmente. Os participantes receberão um diploma relativo à sua participação e as melhores colocações ganham medalhas de ouro, prata e bronze, além de menções honrosas.

A organização da Olimpíada suportará todas as despesas com alojamento e a alimentação dos diferentes países, durante os dias oficiais do evento, segundo o programa oficial. Já os custos com as deslocações, desde o país de origem até a Cidade de São Tomé, e vice-versa, serão da responsabilidade do país participante. Os países membros têm até o dia 31 de agosto para se inscrever.

Informações

Ofício-Circular nº 35/2018/GAB/SETEC/SETEC-MEC

Texto: Lívea Colares | ASCOM IFPA Reitoria

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página