Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA inaugura Campus Paragominas

Solenidade reuniu servidores, pais, alunos e políticos

  • Publicado: Terça, 17 de Dezembro de 2019, 17h00
  • Última atualização em Terça, 17 de Dezembro de 2019, 17h00
  • Acessos: 295
imagem sem descrição.

 

Após cinco anos atuando em Paragominas, o Instituto Federal do Pará (IFPA) inaugurou na manhã da quinta-feira (12), às 10h, o Campus no município. Compuseram a mesa o secretário de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Antunes Culau; o Reitor do IFPA, Claudio Alex Jorge da Rocha; o Prefeito de Paragominas, Paulo Pombo Tocantis; deputado, Hélio Leite; a Vice-prefeita, Mozimeire Pereira de Souza Costa,  o atual Diretor do Campus Paragominas, Agnaldo Reis Pontes; o ex-diretor Dr. Samuel Carvalho de Aragão e os alunos Vinícius Silva Medeiros (representante do curso Técnico Subsequente em Informática do Polo CAIP) e Ingrid Moura Magno (em nome dos estudantes do Campus Paragominas).

Samuel Aragão falou do privilégio de retornar a Paragominas enquanto ex-diretor, com o sentimento de dever cumprido. Explicou que esteve à frente do campus até outubro, mas que hoje está trabalhando na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), no MEC, em Brasília. Lá, estudando os indicadores do campus, chegou à conclusão que a qualificação profissional dos docentes do IFPA em Paragominas é uma das melhores a nível nacional, com 87% dos docentes detentores de título de mestrado. “Quatro professores devem concluir o mestrado em julho, então teremos 100% de mestres no Campus. O nível de professores com Doutorado, dados de 2019, é 28%. Estamos nos destacando com nossos alunos, fomos finalistas este ano nas Olimpíadas de Informática, Matemática e Geografia. Estamos com o primeiro curso integrado do ensino médio na zona rural no Brasil. Estamos com diversos projetos de extensão e o mais importante é a internacionalização. Levamos os primeiros alunos para o exterior em 2016, depois em 2018, 2019 e teremos a próxima turma indo em 2020. Irão para o Canadá cinco alunos e dois professores no ano que vem. Este ano fizemos o primeiro projeto de intercâmbio nacional para outra instituição”, ressaltou.

A Vice-prefeita Mozimeire Pereira de Souza Costa disse que é importante dar honra a quem tem honra ao se referir ao professor Dr. Samuel Aragão, relembrando que o IFPA começou com quatro servidores e hoje são 66 concursados. “Muito obrigada a vocês servidores do Instituto por fazerem a diferença, levando Paragominas ao Canadá e aos Estados Unidos a nos orgulhar. A gente só caminha com excelência quando nós respeitamos o espírito de equipe. Neste sentido, o representante do MEC sai daqui certificando que Paragominas é esta cidade integrada em um só ideal de trabalhar e vencer. Estou muito feliz e orgulhosa por fazer parte desta locomotiva chamada educação. Só muda pessoas através do conhecimento. Hoje, nós estamos entregando à nossa cidade o maior investimento”.

Em seguida, o Prefeito de Paragominas, Paulo Pombo Tocantis¸ expressou a alegria de participar da entrega da obra que ele considera a mais importante para a comunidade local. “Poder participar deste momento é muito gratificante. Nós teríamos perdido cinco anos de ensino e aprendizado se o instituto não tivesse aceitado começar em Paragominas sem ter toda esta estrutura. Um dos melhores ensinos médio e técnico do país é do Instituto Federal, por isso a nossa disposição em investir recursos. Trata-se de educação, trata-se de aprendizado, trata-se do futuro dos jovens do nosso município de Paragominas e outros municípios que o IFPA atende”.

O Reitor Claudio Alex agradeceu ao Prefeito, à Vice-prefeita, aos membros da Câmara dos Vereadores, ao professor Dr. Samuel, aos professores e aos técnicos administrativos por não terem medido esforços para criar condições para o IFPA atuar em Paragominas. De forma especial, agradeceu aos alunos Ingrid e Vinícius. “Vinícius, sou muito grato por todas as palavras que ouvi hoje, mas nada acalenta mais o coração de um educador do que ouvir ‘eu tenho orgulho de ser aluno do IFPA’. Cara isso é demais”, expressou emocionado.

“No discurso todos os políticos priorizam a educação, mas o senhor, Prefeito Paulinho, priorizou mesmo, teve pulso e tirou do papel. Estamos aqui para servir o município e toda a região de abrangência. O futuro que aguarda este campus é bem promissor. Eu estou bastante emocionado e feliz. Quero agradecer a nossa engenheira, a Devanei”, agradeceu o Reitor.

“Isto é uma construção coletiva, agradeço a todos. Todos vocês têm uma participação muito importante no desenvolvimento desta região. Muito obrigado por acreditar no IFPA. Nós não vamos desapontar vocês, somos construídos com uma base muito sólida que é os nossos servidores e servidoras, que são determinados e muito comprometidos com esta causa tão nobre que transforma a vida de vocês”, concluiu o Reitor Cláudio Alex.

O Secretário do MEC, Ariosto, comentou que se sente honrado de estar presente em Paragominas e deixar uma estrutura voltada para a geração de oportunidades e possibilidades de transformação de vida. Afirmou que a educação precisa ser ofertada onde os alunos estão, indo a assentamentos como o CAIP. Lembrou que a Rede Federal soma 661 unidades no país, sendo 18 no Pará, cumprindo o papel de levar ensino de qualidade, formação profissional, científica e tecnológica. “Em nome do MEC, agradecemos a acolhida. O Município foi atrás, buscou e enxergou o valor desta instituição para o fortalecimento do capital humano e desenvolvimento local. Trago o agradecimento do MEC pela parceria da Prefeitura e da Câmara dos Vereadores com o IFPA. Com esta casa, que estamos recebendo, os professores e técnicos vão ter condições e capacidade de não só ofertar formação profissional e técnica, mas de  buscar desenvolvimento científico, inovação e empreendedorismo, o espaço ao qual os Institutos se prestam dentro do nosso sistema de educação. Teremos a educação tecnológica mais próxima da comunidade e do cidadão”.

Ariosto ressaltou que de 80% dos alunos do IFPA são alunos que recebem renda familiar de até um salário e meio. Em seguida, elogiou o prof. Dr. Samuel e disse que o trabalho dele lá no MEC em Brasília fará muito diferença, bem mais do que os dados da Plataforma Nilo Peçanha, que ele sugere que seja abandonada. “Eu tive que vir aqui para descobrir o Samuel, o valor de um líder e de um indivíduo que é o retrato de nossos servidores. Um indivíduo comprometido com o futuro, que sabe o valor do trabalho que ele entrega. Samuel é esse ser humano fantástico, profissional compromissado que vamos aproveitar em outras atividades. Será nosso braço”.

Ao final de sua fala, Ariosto provocou Agnaldo, o Reitor e os servidores do IFPA a duplicar a oferta de vagas para dar o retorno que a comunidade espera.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página